Transportes Aéreos

Procura de transporte aéreo cresce 6% em 2019

Os dados são referentes a novembro de 2018 e traduzem uma ligeira desaceleração face aos 6,3% registados em outubro. A Europa foi onde a procura mais aumentou, traduzindo-se em 9%.

A Associação Internacional do Transporte Aéreo espera que a procura de transporte aéreo cresça 6% em 2019

TATYANA ZENKOVICH/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA) espera que a procura de transporte aéreo cresça 6% em 2019, apesar das incertezas na economia mundial, afirmou esta quarta-feira o diretor-geral da organização, Alexandre de Juniac.

“Há claros sinais de que o crescimento se está a moderar em linha com a desaceleração da economia global, esperamos ainda um aumento da procura de 6% mas as tensões comerciais, tarifas aduaneiras e o Brexit são dúvidas que planam sobre o setor”, sublinhou Juniac, quando comentava os últimos dados da mensais da procura.

Estes dados referentes a novembro de 2018 e agora divulgados traduzem um crescimento de 6,2% da procura de transporte aéreo face ao mesmo mês de 2017, uma ligeira desaceleração face aos 6,3% registados em outubro. A capacidade, medida em assentos por quilómetros, cresceu em novembro 6,8%, enquanto o fator de ocupação desceu 0,4 pontos percentuais para 80%.

Por regiões, a Europa foi onde a procura mais aumentou, 9%, ainda que a IATA sublinhe que não está claro que este ritmo se mantenha sustentado devido à incerteza na conjuntura económica do continente.

A Ásia-Pacífico foi a segunda em termos de crescimento homólogo (6%), sustentada pelo forte aumento nos principais mercados da região, China (7,2%) e Índia (13,3%). Na América Latina, a subida foi de 5,8%, marcando uma aceleração de seis décimas face a outubro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Investimento público

A tragédia de Pedro Marques

Inês Domingos
211

Com um quadro Centeno confessou inadvertidamente como foi um dos principais responsáveis pelo desastre de atuação de Pedro Marques, sendo que este também não foi capaz de aplicar os fundos de Bruxelas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)