Software

NDC chega a Portugal: Porto recebe um dos maiores eventos internacionais de software

Ao todo, o evento que se realiza na Alfândega do Porto vai contar com 30 tecnologias, 51 oradores, 49 conferências e seis workshops relacionada com software. Farfetch foi o principal patrocinador.

O evento realiza-se na Alfândega do Porto entre 26 de fevereiro e 1 de março

Depois de Londres, Sidney, Gold Coast, Copenhaga e Kongsberg, chegou a vez de Portugal receber, pela primeira vez, a Norwegian Developers Conference (NDC), um dos maiores eventos internacionais na área de tecnologia. A Alfândega do Porto foi o palco escolhido para receber quatro dias (de 26 de fevereiro a 1 de março) dedicados “ao que de melhor se faz na área do desenvolvimento de software”, lê-se no comunicado do evento.

Ao todo, o evento vai contar com 30 tecnologias, 51 oradores, 49 conferências e seis workshops. Na lista de participantes estão nomes como Rob Conery, programador de software para a Cloud da Microsoft e autor do livro “The Imposter’s Handbook”, Carl Franklin e Richard Campbell, apresentadores do “,NET Rocks!”, Dominick Baier, consultor especializado em identidade e controlo de acesso, e Michele Bustamante, fundadora e diretora de tecnologias de informação [em inglês, Chief Information Officer (CIO)].

Entre as áreas que vão ser abordadas estão a programação funcional, a segurança, “machine learning”, JavaScript e Microsoft. O evento tem como principal patrocinador a Farfetch, dona do maior portal mundial de vestuário de luxo e primeiro unicórnio português (empresas que valem mais de mil milhões de euros).

Já antes nos tinha sido recomendado o Porto pelo seu ecossistema tecnológico vibrante, e por ser hoje um dos destinos mais procurados na Europa. Mas o apoio da Farfetch, o nosso principal sponsor, foi decisivo para avançarmos com um evento de quatro dias em Portugal, já em 2019. Estamos certos de que todos os participantes que viajam de fora se vão apaixonar pela cidade e pela hospitalidade que vão encontrar nos seus habitantes. O mesmo aconteceu connosco, e não poderíamos estar mais ansiosos por regressar”, referiu Jakob Bradford, diretor-geral da NDC, citado em comunicado.

Já Cipriano Sousa, diretor de tecnologia da Farfectch, refere que “a equipa da NDC conseguiu construir uma conferência com uma qualidade excecional, que se reconhece facilmente na seleção de oradores de renome, na variedade dos workshops, e até no facto de trazer para um só lugar uma comunidade notável de programadores”.

A NDC teve a primeira edição em 2008, em Oslo, e “rapidamente se tornou numa das maiores conferências independentes .Net do mundo”, sendo considerada “um verdadeiro festival para programadores”. Os bilhetes para o evento podem ser adquiridos na página do evento e variam entre os 600 e os 1300 euros, dependendo da participação em workshops e com ou sem pacote de hotel.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

2019 no mundo e em Portugal

Inês Domingos

Vinte anos depois do calendário, passada a crise, 2019 é o ano em que política, social e economicamente entramos realmente no novo século. Este Governo está aflitivamente impreparado para o enfrentar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)