Morreu o homem responsável pelo duplo homicídio, seguido de uma tentativa de suicídio, que aconteceu esta manhã de segunda-feira, num monte perto de Terena, no concelho de Alandroal, distrito de Évora. O homem estava em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos, avança o Correio da Manhã. O caso estava a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ).

O suspeito, de 83 anos, foi transportado para o hospital Santa Maria encontrava-se em “estado muito crítico”, segundo a fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). O idoso  terá recorrido a uma arma de fogo para matar a mulher e a cunhada, tendo depois utilizado a mesma pistola para se tentar suicidar, apurou o Observador junto de fonte do Comando Territorial da GNR de Évora.

As vítimas e o alegado autor dos crimes têm idades compreendidas entre os 70 e 80 anos. A GNR recebeu o alerta por volta das 11h45 e o caso está agora nas mãos da PJ de Évora.

Para o local, foram mobilizados 25 operacionais, apoiados por dez veículos apoiados por dez veículos, das corporações de bombeiros de Alandroal e de Redondo, da GNR, da PJ e do INEM, que enviou a ambulância de suporte imediato de vida (SIV) de Estremoz, a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do hospital de Évora e um helicóptero.