A força aérea israelita disparou nesta sexta-feira vários mísseis contra a região de Damasco, provocando um contra-ataque de várias forças de defesa sírias que conseguiram neutralizar vários mísseis, avança a agência de notícias estatal síria Sana, citada pela agência Reuters.  

O ataque ocorreu pelas 23h15 (hora local) e foi dirigido a um armazém do aeroporto de Damasco, na Síria. Há também relatos de explosões sentidas no céu da capital da Síria, refere o The Jerusalem Post.

Os resultados do ataque foram limitados a uma zona do armazém do aeroporto de Damasco”, informa a agência oficial Sana, cintando fonte militar.

Segundo o canal de televisão Hezbollah’s Al-Mana, referido pelo Washington Post, o ataque foi mais amplo do que o habitual e atingiu os subúrbios de Dmeir, no leste de Damasco, até Kiswa, ao sul da capital, até a cidade de Dimas, perto da fronteira com o Líbano.

Este foi o primeiro ataque na região desde que os aviões de guerra israelitas atingiram áreas circundantes da capital Síria no dia de Natal. Nesse dia, os aviões israelitas  sobrevoaram o Líbano e lançaram mísseis em direção a áreas próximas de Damasco. O ataque feriu três soldados.