Abdul Salam Maftoon ficou famoso no Afeganistão — e não foi por uma razão qualquer. O seu cognome diz tudo: “o gémeo desaparecido” de Justin Trudeau, o primeiro-ministro do Canadá. Salam Maftoon era um simples cantor de casamentos até que ganhou fama no seu país depois de aparecer num programa de talentos e de terem sido encontradas semelhanças surpreendentes com o governante canadiano conhecido pelo gosto por meias ousadas e pela sua popularidade junto do público feminino.

Abdul Salam Maftoon, de 29 anos, vive numa vila pobre e longínqua na província de Badakhshan, no nordeste do Afeganistão, e nunca tinha ouvido falar de Justin Trudeau até um jurado do programa de televisão “Afghan Star” ter assinalado a semelhança entre ambos.

Rosto longo, cabelos castanhos escuros e olhos claros, Salam Maftoon tem uma aparência banal. Mas a junção de todas as feições que compõem o rosto de Maftoon fazem-no parecer, de facto, o primeiro-ministro do Canadá. Além disso, Justin Trudeau é considerado um dos líderes mais sexy do mundo. Irá o lisonjeio ajudar Maftoon a vencer a final do programa de televisão? O cantor espera que sim, pelo menos as semelhanças “aumentaram em 50%” as suas hipóteses, como afirma, citado pelo The Guardian.

As pessoas esqueceram-se do meu nome e agora só me chamam ‘Justin Trudeau’. Eu não sabia de nada sobre Justin Trudeau até ver as fotografias nas redes sociais”, disse Maftoon

O vídeo da discussão no popular talent show afegão sobre as semelhanças entre os dois já tem dezenas de milhares de visualizações. Maftoon diz ter poucas hipóteses de ir ao Canadá tão cedo, mas espera conhecer um dia o primeiro-ministro canadense.

À parte isso, está confiante de que a sua nova fama vai aumentar os pedidos para entretenimento em futuros eventos — algo que vê com bons olhos, uma vez que é isso que o permite sustentar a sua mulher e os seus filhos.

O cantor está, assim, entre os oito concorrentes ao título “Afghan Star” que irão enfrentar a próxima eliminatória da competição na quinta-feira.