A 12.ª edição do Lisboa à Prova trouxe novos recordes à história do concurso gastronómico: 150 restaurantes foram premiados na passada sexta-feira com 1, 2 e 3 garfos, depois de ser atingido o maior número de sempre de inscrições na competição. Destacaram-se também restaurantes que participaram pela primeira vez e saíram já com “garfos” na bagagem.

Entre mais de 700 visitas feitas por um júri selecionado, os restaurantes foram avaliados nas categorias de “Cozinha Tradicional Portuguesa”, “Cozinha do Mundo” e “Cozinha Contemporânea”, tendo por base critérios como a cozinha, o serviço, o ambiente e a relação entre qualidade e preço.

Segundo o comunicado da organização, estiveram a concurso “vários projetos de referência da cidade e muitos outros mais recentes na restauração”.  Do prémio “1 garfo” saíram 105 vencedores, com destaque para a Adega da Tia Matilde, Pigmeu e Tapisco, de Henrique Sá Pessoa. Já 36 estabelecimentos, como a Cervicheria, do chefe Kiko, a Sála de João Sá e a Tasca da Esquina, conseguiram “2 garfos”. O prémio máximo, de “3 garfos”, foi alcançado por seis restaurantes: Alma, EPUR, Feitoria, Panorama, River Lounge e Varanda do Ritz. Todos os premiados podem ser consultados aqui.

A cerimónia da entrega dos prémios realizou-se no Salão Nobre dos Paços do Concelho e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, do vice-presidente da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRSP), Carlos Moura, e do diretor-geral do Turismo de Lisboa, Vítor Costa.

36 restaurantes participaram pela primeira vez no concurso e  alguns deles conseguiram logo o principal objetivo, como é exemplo do EPUR, “que atingiu diretamente o escalão máximo do concurso, 3 garfos, na sua participação”.

O Lisboa à Prova é dirigido aos estabelecimentos de restauração da cidade de Lisboa e tem como objetivos a valorização do setor da restauração, a promoção da gastronomia da cidade enquanto fator de atração e a estimulação deste setor para o aumento da qualidade dos serviços prestados.