Uma criança de quatro anos morreu este sábado depois de ter sido atingido por um disparo durante uma caçada numa quinta na região de Sevilha, em Espanha. De acordo com o El Mundo, o menor terá sido ferido provavelmente com uma espingarda e foi transportado de imediato para o centro de saúde de Burguillos, a localidade mais próxima, onde acabou por morrer.

O alerta foi dado durante a manhã, pelas 11h30 (10h30 em Lisboa), através de uma chamada feita para o 112 da Andaluzia. Foram enviados para a quinta La Lapa, localizada junta à estrada que liga Burguillos a Castilblanco de los Arroyos, elementos da Empresa Pública de Emergências Sanitárias (EPES), da Guardia Civil e da polícia. A criança foi levada para Burguillos, acabando por morrer ainda durante a manhã. O caso está a ser investigado pela Guardia Civil de La Rinconada.

Segundo o El Mundo, o menor era natural de Écija, em Sevilha, onde vivia com a família. Na La Lapa, estava a decorrer uma caçada ao javali mas desconhecem-se as circunstâncias que levaram a criança à quinta.  A legislação espanhola proíbe a participação de menores em caçadas. A lei diz que estes não podem estar nas zonas de caça, podendo apenas circular nos locais onde as peças são reunidas e os almoços feitos.