Migrantes

Número de migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo sobe para 114

úmero de migrantes desaparecidos após um naufrágio a 50 milhas da costa da Líbia subiu de 20 para 114. Três foram resgatados e outros três morreram, anunciou Organização Internacional das Migrações.

Igor Petyx/EPA

O número de migrantes desaparecidos após um naufrágio a 50 milhas da costa da Líbia subiu de 20 para 114, enquanto três foram resgatados e outros três morreram, anunciou este sábado a Organização Internacional das Migrações (OIM) em Itália.

Citado pela agência EFE, o porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Itália, Flavio di Giacomo, disse que os três sobreviventes, que foram resgatados pela marinha italiana e transportados para a ilha de Lampedusa, em Itália, comunicaram que o barco levava 120 pessoas a bordo.

Por sua vez, a marinha italiana já tinha confirmado que, durante as operações foram avistados três corpos. Permanecem assim desaparecidos 114 migrantes. O responsável da OIM em Itália disse ainda que, segundo os sobreviventes, entre os desaparecidos encontram-se cerca de dez mulheres, uma delas grávida, e duas crianças, sendo a maioria proveniente da Nigéria, Camarões, Gâmbia, Costa do Marfim e Sudão.

A organização não-governamental (ONG) alemã Sea Watch já havia informado o naufrágio na sexta-feira, através das suas redes sociais, denunciando que, até ao momento, não há um “programa europeu de resgate no Mediterrâneo” e que o barco da ONG espanhola Open Arms está bloqueado em Espanha pelas autoridades, enquanto o navio humanitário Sea Eye também continua à procura de um porto para a mudança de tripulação.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)