Tiago Silva, de 16 anos, treinou pela última vez no dia 11 de janeiro. Segundo o Jornal de Notícias, terá sido na noite desse dia, depois do treino, que o jovem atleta terá tido um primeiro Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Um AVC é provocado por uma descida repentina do fluxo sanguíneo responsável pela irrigação do cérebro. Muitas das vezes é provocado pelo bloqueio de um vaso sanguíneo do cérebro (AVC isquémico) ou pela rutura de um vaso sanguíneo (AVC hemorrágico). O bloqueio ou rutura de um vaso sanguíneo faz com que essa zona cerebral não receba oxigénio, o que leva à morte celular.

Desde o primeiro AVC, avança o JN, o desportista estava internado, em coma induzido.

Neste domingo, Tiago Silva sofreu um novo AVC, este fatal. O Ginásio Clube de Santo Tirso lamentou, nas redes sociais, a morte do jovem atleta.

“É com grande consternação que informamos o falecimento do nosso Tiago. O sorriso contagiante do Tiago e o seu modo humilde de estar acompanhar-nos-ão para sempre!”, escreveu o Ginásio Clube de Santo Tirso no Facebook.