A polícia da Irlanda do Norte está a investigar a explosão de um carro junto a um tribunal em Bishop Street, na cidade de Londonderry. O incidente aconteceu por volta das 20h15 e não provocou feridos. De acordo a BBC, o veículo terá sido roubado. As autoridades fecharam a rua e estão a pedir à população que se mantenha afastada da zona.

A deputada do Sinn Féin Elisha McCallion disse, em comunicado, que o “incidente chocou a comunidade local” e que os “muitos residentes idosos na zona ficaram alarmados”. A líder do Partido Unionista Democrático, Arlene Foster, condenou o ataque, que descreveu como “um ato de terror sem sentido”, no Twitter. “Apenas magoa as pessoas da cidade. Foi perpretado por pessoas sem qualquer respeito pela vida”, afirmou. As autoridades não adiantaram, até ao momento, se a explosão do carro foi ou não um ato terrorista.

A cidade de Londonderry fica situada a oeste de Belfast, a capital da Irlanda do Norte. O nome da localidade tem vindo a ser disputado por nacionalistas e unionistas. Os primeiros, que defendem a junção das duas Irlandas, chamam-lhe Derry, enquanto os segundos, que querem que a Irlanda do Norte continue a fazer parte do Reino Unido, chamam-lhe Londonderry.