Cinema

Johnny Depp, John Travolta e Donald Trump nomeados para piores atores do ano nos Razzie

Em tempo de nomeações e prémios para a indústria do cinema, não podiam faltar os candidatos aos Razzie, os troféus que distinguem os maiores flops do ano.

Trump, "a fazer dele próprio" no grande ecrã, junta-se à corrida das piores prestações

É difícil falar dos melhores e esquecer os piores, ou pelo menos os candidatos aos maiores flops da última temporada nos ecrãs. Está aí a 39ª edição dos Razzie, os prémios que meio a sério meio a brincar distinguem os títulos e prestações mais fracassados do ano.

Na calha para estes galardões estão nomes como John Travolta, ou John Gotti, no biopic sobre o patrão da máfia, Johnny Depp, cuja voz não se livra de ataque pelo seu desempenho em “Sherlock Gnomes”, uma fita para o público infantil, e ainda o presidente dos EUA. Donald J. Trump, que surge em documentários como “Fahrenheit 11/9”, de Michael Morre, ou “Death of Nation”, de Dinash D’Souza, é destacado pela negativa.

Trump está ainda apontado na categoria “Pior Combo no Ecrã”, pela combinação “Donald J. Trump e a sua perpétua banalidade”

Nem Melania Trump se livra do fantasma dos Razzie — a primeira-dama recebeu uma nomeação para Pior Atriz Secundária, juntando-se um leque de nomeadas que inclui. Marcia Gay Harden em “As 50 Sombras Livre”.

Quanto às longas-metragens, “Holmes & Watson”, com Will Ferrell, e “The Happy Time Murders” (com um fantoche que trabalhava para a polícia de Los Angeles) estão na corrida para os piores entre os piores. Os grandes vencedores, ou perdedores, serão conhecidos a 23 de fevereiro.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)