Espanha

Julen: últimos quatro metros do túnel horizontal poderão começar a ser cavados esta terça-feira ao meio dia

A equipa de resgate anunciou esta segunda-feira a finalização da perfuração vertical. Faltam cavar quatro metros no túnel horizontal para chegar ao poço original.

Faltam escavar apenas 4 metros no túnel horizontal para chegar ao poço original

ALVARO CABRERA/EPA

O resgate de Julen está cada vez mais perto do fim: a última fase dos trabalhos de resgate de Julen pode começar esta terça-feira ao meio dia (hora espanhola, 11h em Portugal continental). Faltam cavar apenas 4 metros na horizontal para chegar ao poço original por onde Julen caiu.

Concluído o túnel vertical, em paralelo com o original, as equipas de resgate seguem agora para a próxima etapa. Uma equipa de mineiros vai ser transportada para o fundo do túnel através de um elevador feito à medida.

Como avança o El Mundo, a escavação dos quatro metros que ainda estão pela frente será uma intervenção manual e com recurso a picaretas, para ligar um túnel ao outro. No máximo serão usados martelos pneumáticos, uma vez que se trata se uma intervenção delicada, sendo o maior receio o desabamento de terras.

Estima-se que o grupo de escavadores comece esta fase amanhã, terça-feira, às 12h de Espanha, tendo em conta as medidas de segurança que entretanto tiveram de ser adotadas para garantir que o resgate é feito em segurança.

[em atualização]

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mundo

O poder mobilizador da rejeição /premium

Diana Soller

Um discurso negativo, de rejeição de alguma coisa, independentemente de ser factual ou inventado, tem muito mais impacto junto das populações que um discurso positivo, construtivo ou inclusivo.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)