Comércio

Vendas da Sonae no retalho sobem 7,6% para 6.317 milhões de euros em 2018

Vendas da Sonae MC foram de 4.158 milhões de euros em 2018, tendo todo o retalho reforçado o crescimento. A empresa terminou o ano com mais 13 Continente Bom dia, três Continente Modelo e 22 Well's.

Sonae diz que todos os negócios de retalho reforçaram o seu crescimento em 2018, o que contribuiu positivamente para as vendas recorde alcançadas

ESTELA SILVA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

As vendas da Sonae no retalho aumentaram 7,6% em 2018, face a 2017, para 6.317 milhões de euros, com a Sonae MC a ultrapassar “pela primeira vez os 4.000 milhões de euros”, anunciou esta quarta-feira o grupo. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae adianta que “todos os negócios de retalho (…) reforçaram o seu crescimento em 2018, contribuindo positivamente para as vendas recorde alcançadas”.

De acordo com as vendas preliminares do retalho, estas subiram 7,6% no ano passado, para 6.317 milhões de euros, “tendo o crescimento no último trimestre do ano acelerado para 9,3%”, adianta o grupo. “Este desempenho traduziu a constante melhoria da proposta de valor das várias insígnias, a expansão dos formatos de conveniência, a aposta no ecommerce/omnicanal e o sucesso das melhorias operacionais implementadas”, acrescenta a Sonae.

As vendas da Sonae MC, que tem o retalho alimentar (Continente), subiram 7%, “superando pela primeira vez os 4.000 milhões de euros no conjunto do ano”, sendo que a “evolução traduziu o crescimento de vendas no universo comparável de lojas, bem como o reforço da rede de lojas de proximidade” e permitiu “continuar a reforçar a sua liderança num mercado muito competitivo”.

Em 2018, as vendas da Sonae MC, que terminou o ano com mais 13 Continente Bom dia, três Continente Modelo e 22 unidades Well’s, foram de 4.158 milhões de euros. Relativamente ao quarto trimestre do ano passado, a Sonae MC registou um aumento LFL [like-for-like, ou seja, vendas em lojas que operaram sob as mesmas condições no período em análise] de 3,6%, “impulsionado por valores positivos em todos os formatos, especialmente no segmento de proximidade e claramente acima da inflação de produtos alimentares do período (0,3%)”.

No último trimestre do ano, as vendas da Sonae MC subiram 7,1% para 1.146 milhões de euros. Por sua vez, a Worten, unidade de retalho de eletrónica, obteve vendas de 1,1 mil milhões de euros, o que representa uma subida de 7,6%. Só no último trimestre, “o LFL [da Worten] foi de 5,6%, com as vendas a atingirem os 343 milhões de euros, representando um crescimento de 8,2%” face a igual período de 2017.

“A Worten reforçou a sua posição de liderança em Portugal e impulsionou a sua atividade no ecommerce [comércio eletrónico], onde registou crescimentos de dois dígitos tanto em Portugal como em Espanha”, refere o grupo.

A área Sonae Sports & Fashion (S&F) “terminou um ano desafiante com um forte desempenho no quarto trimestre, acima de valores de referência do mercado, tendo registado vendas de 104 milhões de euros no quarto trimestre (mais 7,8%), e uma subida de 1,9% em termos anuais, para 369 milhões de euros.

“As vendas online também aceleraram em 2018, com fortes níveis de crescimento em todos os negócios, em especial da Salsa”, acrescenta. As marcas da ISRG, considerada a número “dois” ibérica no retalho de desporto, da qual a Sport Zone faz parte, atingiram vendas anuais de 610 milhões de euros, mais 15,9% que um ano antes.

Em termos de vendas online das marcas de retalho da Sonae, estas registaram um crescimento de 30% em 2018, ultrapassando os 150 milhões de euros, “com uma forte contribuição da Worten, Sonae MC, ISRG e Salsa”. As vendas da Maxmat subiram 8,5% para 85 milhões de euros.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)