O fabricante alemão faz questão que a actual geração do seu modelo mais popular, o Golf, saia em grande. Para tal, lançou uma versão do GTI denominada TCR que em breve chegará ao nosso país e que promete ser o mais assanhado dos Golf GTI, agora com 290 cv.

Até aqui o GTI estava disponível com potências de 230 cv e 245 cv – entre nós apenas na versão mais potente –, mas a VW puxou mais pelo 2.0 TSI, até fixar a fasquia nos 290 cv. Não é o valor mais elevado que esta unidade de quatro cilindros sobrealimentada fornece, pois na Seat e na Cupra atinge 300 cv, para mencionar apenas unidades já de acordo com o WLTP e o necessário filtro de partículas.

9 fotos

O GTI TCR, de Touring Car Racing, o campeonato internacional de carros de turismo onde a VW participa com o Golf, está disponível com carroçaria de 3 e 5 portas e, para o tornar mais eficaz em curva, a marca alemã equipou-o com um diferencial autoblocante – fundamental por ter apenas tracção à frente –, que recorre a um sistema de embraiagem multidisco. A caixa ao serviço do TCR é a DSG de dupla embraiagem, aqui com sete velocidades. Os discos de travão passam a ser perfurados, enquanto as jantes podem ser de 18 ou 19”.

Além das diferenças ao nível da mecânica, existem alguns detalhes estéticos que diferenciam o TCR dos restantes GTI, a começar pelos pára-choques diferentes e com mais entradas de ar, bancos envolventes com revestimento específico, cintos de segurança vermelhos e um volante especial, também ele com uma marca encarnada no topo.

14 fotos

Graças à maior potência, o Golf GTI TCR pode estar limitado a 250 km/h, mas caso contrário (opcional) os 260 km/h são o limite. Por outro lado, os 100 km/h ficam para trás ao fim de 5,2 segundos.

O novo modelo chega aos principais mercados em Abril, e a Portugal ligeiramente depois. Será proposto por cerca de 55.000€, ou seja, cerca de mais 3.000€ do que os 51.600€ pedidos actualmente pela versão GTI de 245 cv.