O Nápoles empatou este sábado sem golos em casa do AC Milan, em jogo da 21.ª jornada da Liga italiana de futebol, e pode atrasar-se na luta pelo título, distanciando-se ainda mais da líder Juventus.

Com Mário Rui no ‘onze’ (saiu aos 72 minutos), a equipa de Carlo Ancelotti não conseguiu vencer os milaneses e pode ver a Juventus aumentar para 11 os pontos de vantagem na liderança, em caso de vitória da equipa em que alinham os portugueses Cristiano Ronaldo e João Cancelo, na visita à Lazio, no domingo.

Num jogo com mais de uma dezena de remates à baliza, os golos não surgiram e o registo mais significativo prende-se com a expulsão do espanhol Fabián Ruiz, já em período de compensação, que desfalcou os napolitanos.

O resultado faz ‘sorrir’ também o Inter de Milão, que pode distanciar-se no terceiro lugar do rival de Milão, quarto classificado, a cinco pontos de distância, e colocar-se mais próximo do segundo posto do Nápoles.

Horas antes, o internacional italiano Fabio Quagliarella tinha marcado dois dos golos da vitória da Sampdoria em casa sobre a Udinese (4-0), chegando ao 11.º jogo consecutivo a marcar na ‘Serie A’.

O avançado igualou o recorde do argentino Gabriel Batistuta, que conseguiu o feito em 1994, e o veterano jogador, de 35 anos, isolou-se no topo da lista de melhores marcadores do campeonato, com 16 tentos, mais dois que o português Cristiano Ronaldo, avançado da Juventus, e o colombiano Duván Zapata, da Atalanta.

O resultado impulsionou a ‘Samp’ para o sexto lugar da Série A, enquanto a equipa de Udine é 15.ª. No primeiro jogo do dia, o Sassuolo venceu o Cagliari por 3-0 e subiu ao nono posto.

No domingo, a heptacampeã em título Juventus visita a Lazio, enquanto o Inter, que hoje anunciou a contratação do defesa português Cédric Soares, por empréstimo do Southampton, joga em casa do Torino e a Roma pode ultrapassar o AC Milan no quarto lugar, em caso de vitória no reduto da Atalanta.