Um alerta de um possível engenho explosivo na estação da CP de Valença, no distrito de Viana do Castelo, obrigou à mobilização de meios na tarde de segunda-feira. O alerta foi dado pelas 15h, segundo confirmou ao Observador o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo. A situação não passou, no entanto, de um falso alarme: uma caixa de fogo de artifício foi confundida com um possível engenho explosivo. 

A caixa estava localizada entre as linhas de comboios 1 e 2 na respetiva estação. No local chegaram a estar duas viaturas dos bombeiros e seis operacionais, bem como elementos da GNR. A brigada de minas e armadilhas chegou à estação de Valença por volta das 16h, mas não chegou a entrar em ação.

De acordo com o Jornal de Notícias, o alerta para a existência de uma possível bomba foi dado por uma funcionária da CP (Caminhos de Portugal).

A circulação ferroviária esteve condicionada desde as 14h15, segundo a agência Lusa.