Um homem de 45 anos morreu entre este domingo e esta segunda-feira num poço em Villanueva del Trabuco, localidade na região de Málaga que fica a apenas 60 quilómetros de Totalán, a terra onde o pequeno Julen morreu da mesma forma.

O homem em questão chama-se Juan Antonio Santamaría e foi encontrado morto num poço, juntamente com o seu cão. De acordo com o El Español, as autoridades que estão a investigar aquela morte estão a ponderar duas pistas: suicídio ou acidente.

Em declarações àquele jornal, conhecidos e vizinhos de Juan Antonio Santamaría descartam a hipótese de suicídio. “Era um tipo normal, não tinha problemas com ninguém, nem parecia ter problemas psicológicos. É estranho, não há explicação”, disse uma dessas pessoas.

De acordo com outros vizinhos, Juan Antonio Santamaría “era uma pessoa bastante normal” e tinha o hábito de passear com os seus cães nas montanhas. “Gostava muito disso, gostava muito da natureza e dos animais”, disse um vizinho.

Na morte de Julen ainda há um ponto por resolver: o tampão de terra que o cobria