A polícia federal alemã deteve três refugiados iraquianos suspeitos de estarem a planear um ataque terrorista na Alemanha. As detenções aconteceram esta quarta-feira de manhã no distrito de Dithmarschen, no estado de Schleswig-Holstein, no norte do país, adiantou a Der Spiegel.

De acordo com um comunicado emitido pelas autoridades e citado pela Deutsche Welle, os dois dos três homens, Shahin F. e Hersh F., de 23 anos, planeavam construir bombas artesanais a partir de foguetes do Ano Novo e levar a cabo um atentado com “motivações islamistas”. Os dois já teriam inclusivamente feito download de um manual de instruções que explicava como construir um engenho explosivo e comprado um dispositivo de ignição no Reino Unido. O seu rasto foi seguido pelas autoridades britânicas até à Alemanha.

A ideia inicial, contudo, parece ter sido levar a cabo um ataque com uma arma. Os dois terão ponderado comprar um revólver de 9 mm com a ajuda de Rauf S., de 36 anos, que está a ser acusado de ser cúmplice de Shahin F. e Hersh F. O preço elevado terá acabado por fazer com desistissem da ideia e optassem antes por realizar o ataque com um carro. Shahin F. começou a ter aulas de condução no início de janeiro de 2018, referiu a Deutsche Welle. Só mais tarde terá surgido a ideia da bomba.

A polícia alemã pretende agora averiguar se os três iraquianos estão ligados a alguma organização terrorista.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR