O Observador lançou, o ano passado, o primeiro concurso dedicado ao automóvel em que a eleição dos modelos, considerados os melhores em cada categoria, depende exclusivamente da votação dos leitores. Daí termos chamado a esta iniciativa “Prémios Auto Observador – A Escolha dos Portugueses”.

O sucesso da 1ª edição confirmou que, de facto, há espaço para esta interacção com os leitores que nos acompanham regularmente. O desafio é simples e segue a fórmula estreada em 2018: basta votar. Quem acertar mais vezes no vencedor em cada categoria e, em caso de empate, quem tiver votado mais cedo, ganha um Seat Ibiza novo, sem qualquer encargo (pode consultar o regulamento aqui). Soa bem, não?

Nesta edição, há nove categorias a concurso e mais de 50 modelos na disputa. Esta semana, encontra-se a decorrer a votação para o melhor citadino/utilitário. Diga de sua justiça e arrisque-se a ganhar. Porque é possível. O ano passado, o Bernardo Achega nem queria acreditar, mas demos-lhe mesmo um carro novo. Foi ele quem ganhou, num universo de 12 mil votantes (44.427 votos).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR