Pensões. Ministro garante que vai reduzir atrasos

O ministro reconheceu esta manhã no Parlamento que existem atrasos no pagamento de pensões, mas assegurou que o problema vai ser solucionado durante os primeiros seis meses deste ano.

Por José Pedro Mozos, Agência Lusa