O treinador José Mourinho considerou esta sexta-feira que o FC Porto vai voltar a ser campeão nacional de futebol, atribuindo-lhe ainda favoritismo nos oitavos de final da Liga dos Campeões na eliminatória com a Roma.

“Penso que vai ser campeão outra vez, independentemente do resultado contra o Sporting. Penso que tem todas as condições para chegar aos ‘quartos’ da Liga dos Campeões e quando chegas lá — independentemente de poderem lá estar o Barcelona, as melhores equipas inglesas, o Real Madrid… -, aos quartos, tens 12,5 por cento de hipóteses de ganhar”, disse o técnico em entrevista ao Porto Canal.

A conversa de três horas, que foi gravada antes do clássico de Alvalade, que ficou 0-0, Mourinho elogiou “uma equipa muito boa, com princípios não só ao nível do modelo de jogo, mas com muita personalidade”.

“É uma equipa à Porto, como não tinha há três ou quatro anos. Houve descaracterizar a esse nível e agora voltou a caracterizar. O presidente (Pinto da Costa), o Sérgio (Conceição), o Luís Gonçalves, a estrutura…”, reforçou.

Mourinho admitiu “não conhecer a forma de trabalhar” da atual equipa técnica, mas confia que tem a preocupação “do perfil do jogador escolhido” e que privilegia todo um “trabalho coletivo”.

Penso que devem ser campeões”, reforçou.

Instado a comparar a sua equipa campeã da Europa em 2004 com a atual, não quis ferir suscetibilidades, mas confia na que dirigiu: “Ganhava, mas ia sofrer para ganhar.”

José Mourinho está atualmente sem equipa, após ter deixado o Manchester United a meio da época.