A morte de um dos estudantes feridos elevou, este domingo, para quatro o número de vítimas mortais no colapso de uma passagem aérea numa escola secundária na cidade sul-africana de Vanderbijlpark, anunciaram fontes oficiais.

“Infelizmente, um quarto estudante de Hoërskool Driehoek morreu. As nossas sentidas condolências à família, à escola e aos amigos”, afirmou na rede social ‘Twitter’ o responsável pelo departamento provincial de educação da província de Gauteng, Panyaza Lesufi.

A criança estava hospitalizada em situação crítica e o seu estado de saúde agravou-se no sábado, adianta a agência espanhola Efe.

O acidente ocorreu na sexta-feira quando uma passagem aérea que liga dois dos prédios da escola, na província de Gauteng, desabou enquanto os alunos iam para as aulas.

Na sequência do acidente, quatro estudantes menores morreram e 15 ficaram feridos com gravidade.

As causas do colapso ainda não são conhecidas, mas as autoridades provinciais prometeram uma investigação completa sobre as instalações do centro e sobre qualquer possível violação dos regulamentos de segurança e manutenção.