Greve

Greve dos enfermeiros adia 57% das cirurgias previstas em dois dias

A greve levou ao adiamento nos dois primeiros dias de 650 cirurgias. O Ministério vai divulgar semanalmente o número de cirurgias adiadas pela greve até ao dia 28 de fevereiro.

PAULO NOVAIS/LUSA

A greve dos enfermeiros, que decorre nos blocos operatórios de hospitais públicos desde o dia 31 de janeiro, levou ao adiamento nos dois primeiros dias de 650 cirurgias, 57% das 1.133 previstas, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Saúde em comunicado.

O Ministério vai divulgar semanalmente o número de cirurgias adiadas face às que estavam previstas por cada um dos sete centros hospitalares atingidos pela greve até ao dia 28 de fevereiro, data em que termina a paralisação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)