O Spotify estará a finalizar as negociações para comprar a Gimlet Media. O Wall Street Journal avança que a produtora de podcasts pode custar cerca de 200 milhões de euros. A aquisição é parte do esforço do Spotify para diversificar o seu negócio e expandir-se para lá do streaming de música. Caso o negócio se concretize, será a primeira vez que o Spotify compra uma empresa de criação de conteúdos.

A Gimlet Media é uma das mais importantes empresas no universo dos podcasts. A startup americana produz séries com considerável sucesso crítico e comercial, como Reply All ou Crimetown, conteúdos publicitários para marcas da Adobe à Tinder, e já chegou à produção televisiva, adaptando o podcast de ficção Homecoming para a Amazon TV.

A produtora de podcasts foi fundada em 2014 por Alex Blumberg e Mathew Lieber. O processo de criação, aliás, foi documentado em detalhe no primeiro podcast da empresa: Startup. Na última ronda de financiamento, em 2017, a Gimlet Media estava avaliada em pouco mais de 60 milhões de euros. O valor que o Spotify pode estar disposto a pagar é um recorde absoluto no meio. A última produtora de podcasts, a Stuff Media, custou menos de 50 milhões de euros à iHeartMedia.

Alex Blumberg quer lançar um negócio. E conta tudo em podcasts

A plataforma de streaming já distribui podcasts há vários anos, e começou agora a facilitar o acesso de novos criadores à plataforma. A Diretora de Estúdio e Vídeo da empresa, Courtney Holt, justificou a expansão do Spotify durante o último Consumer Eletronics Show como uma forma de fazer crescer o serviço como um todo. “Percebemos que as pessoas que consumiam podcasts no Spotify usavam mais o Spotify, incluindo para música”, disse. Courtney Holt explicou ainda os planos a longo prazo para a empresa: “Percebemos que somos uma excelente plataforma de áudio. E queremos focar-nos em oferecer a melhor experiência auditiva. O podcasting é um ótimo complemento para o nosso serviço musical”.

A audiência dos podcasts está em crescimento, mas o valor do mercado continua a ser muito reduzido em comparação com outros conteúdos online. Nos Estados Unidos, os anúncios em podcasts geraram quase 300 milhões de euros em 2017, um crescimento de mais de 80% em relação ao ano anterior. O mercado publicitário do vídeo chegou ao 10 mil milhões de euros no mesmo período.

O Spotify entrou em bolsa em Abril, com uma avaliação a rondar os 25 mil milhões de euros. A empresa, fundada em 2006, oferece uma plataforma gratuita para ouvir música online, com anúncios. Tem 200 milhões de utilizadores em todo o mundo, incluindo 87 milhões que pagam pelo serviço Premium da empresa (sem anúncios e com maior qualidade de áudio).