O Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira o nome do novo líder do Banco Mundial, que substituirá Jim Yong Kim. Trump nomeou David Malpass, o funcionário do Departamento do Tesouro, para administrar a instituição financeira internacional, segundo a ABCNews.

Malpass, de 62 anos, foi assessor económico sénior do presidente dos Estados Unidos da América durante a sua campanha eleitoral de 2016. Trabalhou como economista-chefe do banco Bear Stearns, que, entretanto, faliu em 2008 e trabalhou no departamento do Tesouro nas administrações de Ronald Reagan e George H.W. Bush.

A ABCNews publicou o vídeo do discurso de Donald Trump na rede social Twitter.

Quero agradecer David. Ele está ao meu lado há muito tempo e tem sido um apoio. Foi um defensor nos assuntos financeiros, mesmo antes de eu concorrer para as presidenciais. Ele gostou do meu trabalho (…). É um homem altamente respeitado, brilhante. Ele vai sair-se muito bem. Nós estaremos bem”, anunciou Trump.

Se for aprovado pelos 12 membros da comissão executiva que gere o conselho de administração do Banco Mundial, Malpass substituirá Jim Yong Kim, que anunciou a sua renúncia no dia 1 de fevereiro, antes do final do mandato, devido a divergências com o governo dos Estados Unidos.

Contudo, alguns países europeus poderão colocar entraves à nomeação de Malpass. Segundo a BBCNews, David criticou publicamente o Banco Mundial e fez queixas em relação à corrupção e má administração da agência em 2017.