Concertos

Caetano Veloso e os filhos com novos concertos em Portugal

Os músicos vão recuperar o espetáculo "Ofertório", que esgotou três datas em Portugal. Porto, Lisboa, Figueira da Foz, Faro e Ponta Delgada são as cidades que vão receber Caetano Veloso e os filhos.

Caetano Veloso e os filhos Moreno, Zeca e Tom, voltam a Portugal para seis novos concertos Ofertório em cinco cidades

Pedro Granadeiro

Autor
  • Agência Lusa

O músico brasileiro Caetano Veloso e os filhos Moreno, Zeca e Tom, vão estar em julho em Portugal para seis novos concertos Ofertório em cinco cidades, foi esta terça-feira anunciado.

Um ano depois de terem esgotado três datas em Portugal, os músicos recuperam o mesmo espetáculo em seis novos concertos em julho: no dia 1 no Coliseu do Porto, no dia 3 no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz, no dia 5 no Coliseu de Lisboa e no dia 10 no Teatro das Figuras, em Faro. Destaque ainda para dois concertos que farão, a 7 e 8 de julho, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, Açores.

Editado já em álbum e DVD ao vivo, Ofertório é descrito como uma celebração de Caetano Veloso em família, na qual ele e os três filhos interpretam um repertório transversal a todos.

Num cenário minimalista, com os quatro músicos alinhados a interpretarem sobretudo em voz e violão — e com saídas ocasionais para a boca de palco para uns passos de dança –, são interpretadas canções como “Alegria, Alegria”, “Oração ao tempo” e “Força estranha”, mas também “Clarão”, de Tom Veloso, “Todo o homem”, de Zeca Veloso, ou “Um passo à frente”, de Moreno Veloso.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves
248

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)