Depois de ter regressado à F1 em 2018 como patrocinador principal da equipa Alfa Romeo Sauber, o fabricante italiano marca este ano o retorno à disciplina máxima da competição automóvel como construtor, dando nome à equipa Alfa Romeo Racing. E já se notam algumas diferenças no dinamismo do team, sobretudo na área do marketing.

Com o início dos testes do novo carro para a presente temporada a ter lugar no dia em que se celebrou São Valentim, o F1 de Kimi Raikkonen vestiu-se a rigor com uma decoração a preceito. Na pista de Fiorano, o traçado da Ferrari, os Alfa Romeo deram as primeiras voltas, estreando o novo chassi e o novo motor (similar ao que equipa os Ferrari), com a “máquina” do piloto finlandês a exibir uma decoração cheia de corações e trevos de quatro folhas.

A apresentação do novo carro vai ser realizada a 18 de Fevereiro, no circuito espanhol da Catalunha, já com a imagem definitiva, com o trevo tradicional da Alfa, mas sem os corações.

Sobre as voltas dadas no circuito de Fiorano, Raikkonen afirmou que “o primeiro contacto com o carro de 2019 correu bem e recolhemos dados importantes, que nos vão permitir apresentarmo-nos em Barcelona em melhores condições, para as duas semanas de testes”, antes da primeira prova do ano a disputar a 17 de Março, na Austrália.