Crianças

Brasil. Mais de 1800 menores retirados do trabalho infantil

No total foram resgatados 1854 menores, 79% dos quais rapazes e 21% raparigas. Os dados revelam que maioria dos adolescentes tinham 16 a 17 anos e 4% das crianças tinham menos de nove anos.

O número de trabalhadores precoces corresponde a 5% da população entre os 5 e os 17 anos no Brasil

Antonio Lacerda/EPA

Mais de 1800 crianças e adolescentes foram resgatados de trabalho infantil no Brasil, no ano passado, na sequência de auditorias fiscais realizadas pelo Ministério da Economia, informou esta sexta-feira a tutela.

Segundo dados da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho do Brasil (SIT), foram resgatados no total 1854 menores, 79% dos quais rapazes e 21% raparigas, sendo que mais de metade (54%) tinham entre 10 e 15 anos.

Os dados difundidos revelam ainda que 42% dos adolescentes resgatados tinham 16 a 17 anos e 4% das crianças tinham menos de nove anos.

Foram realizadas 7688 ações de fiscalização, sendo que os estados com maior número de menores identificados nessas condições foram Pernambuco, Bahia, Ceará, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

A pasta da Economia indicou ainda que a maioria dos casos foram detetados em locais de lavagem automóvel, oficinas mecânicas e comércio de pneus, e em locais de venda de bebidas alcoólicas.

A legislação internacional define o trabalho infantil como aquele em que as crianças ou adolescentes são obrigadas a efetuar qualquer tipo de atividade económica, regular, remunerada ou não, que afete o seu bem-estar e o desenvolvimento físico, psíquico, moral e social.

O mapeamento da situação do trabalho infantil mostra que o número de trabalhadores precoces corresponde a 5% da população que tem entre 5 e 17 anos no Brasil, informa o jornal brasileiro Estadão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Não há eleições europeias /premium

João Marques de Almeida

O parlamento europeu serve sobretudo para reforçar o poder dos grandes países, cujos partidos dominam os grupos políticos e, principalmente, as comissões parlamentares se fazem as emendas legislativas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)