Crime do Seixal. Nunca houve guarda partilhada

Órgão da magistratura desmente "informações divulgadas por alguns órgãos de comunicação social" sobre caso de criança morta no Seixal, alegadamente pelo pai.

Por Cátia Bruno