A Alfa Romeo Racing, herdeira da Sauber, tornou-se esta segunda-feira a última equipa a apresentar o monolugar para a temporada de 2019 de Fórmula 1, o C38, que marca o regresso da escuderia italiana à competição.

No novo carro da Alfa Romeo Racing, marca que tinha deixado a Fórmula 1 em 1985, predominam o branco, o vermelho, o preto na lateral, e o azul no nariz.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/formula-1-2018/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”666″ slug=”formula-1-2018″ thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/formula-1-2018/thumbnail?version=1543406832656&locale=pt-PT&publisher=observador.pt” mce-placeholder=”1″]

O C38, que continua a ser fabricado pela Sauber, em Hinwill, na Suíça, foi apresentado no circuito de Montemeló, em Barcelona, horas antes do início dos testes de pré-temporada.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em conformidade com a nova regulamentação, que obriga as equipas a otimizar a aerodinâmica, o C38 tem uma asa dianteira muito curva, um pouco diferente das restantes equipas.

A Alfa Romeo Racing terá como pilotos o italiano Antonio Giovinazzi, que na temporada passada disputou duas provas com a Sauber, e o finlandês Kimmi Raikonen, que deixou a Ferrari, e se prepara para cumprir a 17.ª temporada na Fórmula 1.

Espreite a fotogaleria para conhecer o novo Alfa Romeo Racing, C38.