Futebol

Austrália admite falhas que levaram à detenção do ex-futebolista do Bahrein

O chefe da Força Australiana de Fronteiras não informou as autoridades de que Al-Araibi beneficiava do estatuto de refugiado na Austrália, tendo o ex-futebolista ficado detido durante mais de 2 meses.

Hakeem Ali al-Araibi passou mais de dois meses detido na Tailândia devido a um pedido de extradição do seu país

MICK TSIKAS/EPA

Autor
  • Agência Lusa

As autoridades australianas admitiram falhas que contribuíram para a detenção do ex-futebolista do Bahrein Hakeem Ali al-Araibi, que passou mais de dois meses detido na Tailândia devido a um pedido de extradição do seu país.

“Está claro que ocorreu um erro humano dentro do processo da ABF (Força Australiana de Fronteiras)”, disse, na segunda-feira, o chefe deste organismo, Michael Outram, perante um comité do Senado, em declarações recolhidas pela agência noticiosa Associated Press. O mesmo responsável explicou que a ABF não informou a Polícia Federal e o Ministério do Interior australianos de que Al-Araibi beneficiava do estatuto de refugiado na Austrália.

Hakeem Ali Al-Araibi, de 25 anos, foi detido no dia 27 de novembro quando se encontrava em lua-de-mel na Tailândia, na sequência de um alerta da Interpol solicitado pelo Bahrein. A ordem foi cancelada dias depois, já que violava a regra da Interpol que dita que o país de origem de um refugiado não pode emitir tais alertas. A Tailândia, contudo, manteve o jogador sob detenção com o argumento de que o Bahrein já tinha pedido a extradição.

O futebolista foi condenado à revelia a dez anos de prisão pelo tribunal do Bahrein, acusado de danificar uma esquadra da polícia em 2012, durante protestos à margem da “Primavera Árabe”, acusação que negou sempre. Al-Araibi regressou a Melbourne na semana passada.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)