A internacional brasileira Marta, seis vezes eleita a melhor futebolista do mundo, revelou esta terça-feira que vai parar de competir este ano, para se dedicar à família, numa nota publicada na rede social Instagram.

“Comunico a todos uma decisão importante: este ano vou dedicar-me à minha família. Afinal, família vem sempre em primeiro lugar. Obrigada pelo apoio de sempre”, escreveu a futebolista, de 33 anos.

Marta, que atualmente se encontra nas norte-americanas do Orlando Pride, não esclareceu se estará com a seleção brasileira no Mundial deste ano, em França, mas o selecionador disse que a avançada estará com o Brasil num torneio no final de fevereiro.

“Fala connosco todos os dias. É jogadora de futebol e vai deixar tudo? Não. Fala connosco todos os dias e em nenhum momento o mencionou. Demonstra nos treinos e vai estar connosco no torneio dos Estados Unidos”, disse o técnico Vadão.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Marta é um dos grandes nomes do futebol brasileiro e foi homenageada no ‘passeio da fama’ do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, onde o seu nome está ao lado de Pelé ou Ronaldo.

A jogadora é também a melhor marcadora da seleção brasileira em Mundiais, com 15 golos, o que lhe dá também o estatuto de máxima goleadora no torneio.