Rádio Observador

Liga dos Campeões

“Eu, cinco Champions. Atleti, zero. Eu cinco, Atleti zero”: o adeus de Ronaldo a Madrid na zona mista

1.628

Ronaldo foi sempre assobiado no Wanda Metropolitano e ouviu cânticos por causa do Fisco. Em campo com gestos e na zona mista de viva voz, comparou o seu currículo na Champions com o do Atl. Madrid.

Ronaldo recordou com um gesto os cinco triunfos que conseguiu na Champions, entre Manchester United (um) e Real Madrid (quatro)

AFP/Getty Images

O encontro da Juventus em Madrid frente ao Atlético até começou da melhor forma para Cristiano Ronaldo, com o português a ter o primeiro remate de livre direto logo aos oito minutos para uma grande defesa de Oblak. No entanto, e mesmo terminando como um dos melhores da Vecchia Signora, quase tudo correu mal ao conjunto italiano e ao português na segunda parte, com dois golos dos colchoneros no último quarto de hora antes de, já em período de descontos, atirar por cima na última oportunidade para manter a eliminatória. Contas feitas, a Juve está numa situação muito complicada na Liga dos Campeões. 

Nem por isso o antigo avançado do Real deixou de ser o grande destaque no regresso à capital espanhola para jogar, 225 dias depois de ter assinado pelo campeão transalpino. E as reações que teve, ainda no relvado e mais tarde na zona mista, estão a dar muito que falar na imprensa internacional, em especial pelo gesto de mão aberta a mostrar bem os cinco dedos.

Ainda durante o jogo, como explica o Mundo Deportivo, e no seguimento de um lance em que ficou no relvado a protestar uma falta de Saúl Ñíguez, os adeptos do Atl. Madrid tiveram cânticos como Cristiano paga a Hacienda [Fisco]” ou “Cristiano es un moroso [expressão para alguém que não paga as suas dívidas]”. Na resposta, o português foi fazendo sinal com os cinco dedos da mão, numa alusão ao número de Ligas dos Campeões ganhas na carreira (quatro no Real, uma no Manchester United).

Mais tarde, na zona mista, a Marca conta como o internacional voltou a deixar a mesma ideia. “Eu, cinco Champions. Atleti, zero. Eu cinco, Atleti zero”, atirou, de novo fazendo o gesto da mão aberta, antes de seguir para o autocarro da equipa sem falar aos jornalistas a não ser numa expressão – quando lhe perguntaram se o Atl. Madrid tinha a eliminatória garantida, atirou um lacónico “Vamos ver” antes de continuar a sua marcha até chegar à zona onde se encontrava a restante comitiva italiana.

“Foi uma noite difícil. Agora temos de acreditar”, escreveu mais tarde Cristiano Ronaldo na conta oficial do Instagram.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)