Monumentos

Vai ser reconstruída a ponte para ligar as duas metades do Castelo de Tintagel em Inglaterra

Registos do final do século XV e desenhos que datam do início de 1600 mostram que só era possível fazer a travessia através de cordas. Depois foram construídas escadarias íngremes.

O projeto pretende facilitar a travessia entre as duas partes do monumento que, até ao momento, é feita através de escadas

Matt Cardy/Getty Images

A travessia entre as duas partes do Castelo de Tintagel, em Inglaterra, que foram separadas há centenas de anos, vai passar a ser mais fácil. Com a reconstrução de uma ponte que liga diretamente os dois lados, os visitantes do castelo já não vão ter de descer e subir as centenas de escadas necessárias. O projeto é da organização English Heritage, proprietária de mais de 400 monumentos e lugares históricos de Inglaterra, entre os quais se encontra o Castelo de Tintagel. De acordo com a notícia divulgada pelo The Telegraph, o objetivo é facilitar a travessia entre as duas metades do Castelo que, atualmente, requer uma longa caminhada e uma subida íngreme através de escadas.

O Castelo de Tintagel em abril de 2016

Não se sabe ao certo quando é que a ponte entrou em colapso, mas os registos do final do século XV sugerem que o castelo caiu em desuso nessa altura e há também alguns desenhos, que datam do início de 1600, que mostram que só era possível fazer a travessia através de cordas, já sem a ponte a ligar as duas partes.

Ao The Telegraph, Kate Mavor, diretora executiva da English Heritage, disse que este é o projeto mais ambicioso em que estão a investir desde que se tornaram uma organização e que “o objetivo é ajudar as pessoas a perceber melhor e a explorar o lendário castelo de Cornualha.” A reconstrução da ponte conta com o financiamento da fundação The Julia and Hans Rausing Trust, que doou à English Heritage 2,5 milhões de libras.

O processo de reconstrução começou em outubro do ano passado. Desde essa altura que o Castelo de Tintagel se encontra fechado ao público, mas a reabertura está prevista já para este verão. Além deste projeto, a English Heritage também está a planear a construção de um novo museu na zona onde se encontram as ruínas da Abadia de Whitby com o intuito de explorar a história desse monumento.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)