Celebridades

Ariana Grande bate Selena Gomez e já é a segunda conta mais seguida no Instagram. Ronaldo continua no topo

Maior atividade e novo álbum de Ariana Grande contrastam com um menor número de publicações de Selena Gomez, fruto de problemas de saúde. Cristiano Ronaldo continua a ter a conta mais seguida.

Getty Images for iHeartMedia

Ariana Grande “empurrou” Selena Gomez para o segundo lugar das mulheres mais seguidas no Instagram e para o último lugar do pódio, no que toca à classificação geral. Ainda que a diferença não seja muita – quando se fala em centenas de milhões de seguidores -, Ariana Grande tem agora mais de 146.360.000 seguidores, já Selena Gomez tem menos 70 mil.

Foto: Instagram

Foto: Instagram

Selena Gomez chegou a ter a conta mais seguida nesta rede social, mas em outubro do ano passado foi ultrapassada por Cristiano Ronaldo. O jogador da Juventus mantém, desde então, o lugar cimeiro e conta agora com quase 156 milhões de seguidores.

A escalada de Ariana Grande pode não ser tão surpreendente. Desde outubro, a cantora ganhou mais 13 milhões de seguidores, ultrapassando a sua colega de profissão. Tendo em conta a atividade na rede social, reparamos que Ariana Grande, com 3949 publicações, tem mais do dobro de Selena Gomez, com 1473. A primeira tem também presença assídua nos stories e, no que ao trabalho diz respeito, Ariana lançou o seu álbum “Thank u, next” no início de fevereiro e continua a ser presença assídua na lista de músicas mais ouvidas da Billboard. Uma “gaffe” relacionada com uma tatuagem também pode ter ajudado na ascensão. Ariana partilhou uma foto – entretanto já apagada – com uma tatuagem de uma palavra em japonês que significava “churrasco” e que era suposto dizer “7 Rings”, em referência a uma música do seu novo álbum.

Por outro lado, o recuo de Selena Gomez entra em linha com um role de decisões e acontecimentos na vida da cantora. Em setembro, Gomez anunciou, com recurso a um direto no Instagram, uma pausa na sua atividade nas redes sociais dizendo que o número de seguidores não a preocupava. Já em outubro, foi internada pela segunda vez devido a um “colapso mental”. A cantora sofre de lúpus e tinha feito um transplante de rim pouco tempo antes.

Apesar deste travão, Selena estabeleceu um recorde pessoal este mês. Uma foto com amigas, publicada no dia 12 de fevereiro, valeu-lhe quase 12 milhões de gostos em pouco mais de 19 horas. A fotografia conta agora com quase 14 milhões de likes, tornando-se na quarta foto mais gostada em toda a rede social, apenas atrás do famoso ovo, da primeira foto da filha de Kylie Jenner e de uma foto do rapper XXXTentacion.

No que toca à classificação geral de contas mais seguidas do Instagram, atrás de Cristiano, Ariana e Selena, continua Dwayne Johnson, com 133 milhões de seguidores. Duas Kardashian seguem na quinta e sexta posição, respetivamente: Kim tem mais de 128 milhões de seguidores e a sua irmã mais nova Kylie Jenner segue atrás com mais de 127 milhões.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ensino Superior

Bolonha, 20 anos depois

José Ferreira Gomes

Temos um falso sistema de dois ciclos de licenciatura e mestrado porque se está a generalizar a prática de admitir a mestrado estudantes que não concluíram a licenciatura. Estranho? Não em Portugal!

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)