Rádio Observador

Startups

Infraspeak abre escritório em Barcelona e é finalista do Rising Startup Spain

A startup portuense Infraspeak foi finalista do programa governamental ''Rising Startup Spain'' e vai operar a partir de agora em Espanha. Recebeu 10 mil euros e já está a contratar trabalhadores.

A Infraspeak foi fundada por por Felipe Ávila da Costa e Luís Martins, no Porto. Agora vai ter um escritório em Espanha e a equipa está a acompanhar o crescimento do número de clientes.

Leonel de Castro / Global Imagens

A startup portuguesa Infraspeak vai entrar no mercado espanhol através do programa ”Rising Startup Spain” e da ”Barcelona Ativa”, tendo recebido 10 mil euros. A Infraspeak angariou até ao momento 1,850 milhões de euros de investidores internacionais e está presente no Reino Unido, Brasil e nos PALOP.

Concorreram 400 empresas no programa ”Rising Startup”, organizado pelo ICEX (Instituto Espanhol de Comércio Exterior). O ”Rising Startup Spain” é um programa governamental com o objetivo de criar as condições necessárias para fazer crescer startups internacionais no país. Os finalistas foram só 15, dos quais a Infraspeak, uma startup portuguesa sediada na Founders Founders, no Porto, que desenvolveu uma plataforma de gestão de manutenção para empresas como os Vila Galé Hotéis, a Pinto & Cruz ou a Siemens.

Queremos que a Infraspeak seja a ferramenta que permite tirar as dores de cabeça dos gestores de manutenção”, explicou ao Observador Felipe Ávila da Costa, em 2017.

As equipas selecionadas ptêm agora disponíveis espaços de trabalho, entrada facilitada em eventos importantes e multinacionais em Espanha, recebem um prémio de 10 mil euros para cobrir despesas iniciais, visibilidade nos media e mentoria, entre outros benefícios. Assim, a Infraspeak vai abrir um escritório em Barcelona, com o apoio da Barcelona Activa, a organização responsável por desenvolver o negócio local da cidade, e contratar equipa: já existem vagas para a Country Manager em Espanha e nas áreas das vendas e do marketing.

A Infraspeak foi fundada por Felipe Ávila da Costa e Luís Martins, em 2015, com a promessa de fornecer às empresas operações mais eficientes, sem papel, com menos custos e menos stress e têm mais de 120 clientes em seis países. Apenas com um ano, em 2016 a empresa participou um dos programas de aceleração mais conhecidos do mundo, da norte-americana 500 Startups. Na altura, a Infraspeak cresceu 282% em número de clientes e 243% em faturação, atingindo um volume de vendas superior a 140 mil euros.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)