A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, deteve esta quarta-feira o último elemento de um grupo responsável por um carjacking ocorrido em agosto passado, em Matosinhos. Os restantes criminosos já tinham sido detidos pelas autoridades, em dezembro e janeiro. Diligências levadas a cabo pelas autoridades desde então levaram à identificação do alegado criminoso, um homem de 29 anos que o Jornal de Notícias identifica como sendo Hélder “Bianchi”, antigo líder do gangue de Valbom, que terá sido responsável por vários assaltos violentos realizados há uns anos na zona do Porto.

“Bianchi”, preso desde 2010, saiu em liberdade condicional em meados do ano passado. Durante a operação policial realizada esta quarta-feira, terá tentado fugir das autoridades, o que terá obrigado a PJ a disparar vários tiros. Um deles terá atingido o suspeito de raspão numa perna, refere o Jornal de Notícias. De acordo com o mesmo jornal, o detido é, também, suspeito de estar envolvido no desaparecimento de Fernando “Trico”, outros dos líderes do gangue de Valbom.

“O agora detido, de 29 anos de idade, sem ocupação laboral, com antecedentes criminais por crimes da mesma natureza, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”, adiantou a PJ em comunicado.