Rádio Observador

Primeira Liga NOS

A maratona do Campeonato centra atenções em 50km de Portugal: o que falta jogar a Benfica e FC Porto

177

Campeonato virou no Porto a dez jornadas do final e Benfica, que parecia morto, renasceu das cinzas qual Félix para chegar à liderança. Agora, os perigos estão entre Braga, Moreira e Vila do Conde.

AFP/Getty Images

São apenas 50 quilómetros. Pouco para uma viagem de carro, muito para definir posições no Campeonato. Aliás, olhando para o que falta do calendário até ao final da temporada, quase tudo no plano teórico. Benfica e FC Porto têm apenas dois pontos de distância (três, em caso de igualdade) e três deslocações de risco elevado (duas em comum) nas dez jornadas que restam onde poderão estar as principais decisões da prova até maio: a Braga, a Moreira de Cónegos e a Vila do Conde.

O Benfica, que na próxima ronda recebe o Belenenses com quem perdeu na primeira volta no Jamor por 2-0 (no jogo que serviu de viragem em relação à confiança dos adeptos em Rui Vitória, face aos protestos bem visíveis nas bancadas no final), tem logo a seguir uma complicada viagem a Moreira de Cónegos. Seguem-se Tondela (casa), Feirense (fora) e uma dupla receção a V. Setúbal e Marítimo antes da viagem a Braga. Depois do jogo na Luz com o Portimonense, o conjunto de Bruno Lage joga na Luz com o Portimonense, faz o último encontro fora em Vila do Conde frente ao Rio Ave e termina em casa com o Santa Clara.

Já o FC Porto, que se desloca agora a Santa Maria da Feira para defrontar o Feirense, recebe depois o Marítimo antes do grande teste na Pedreira frente ao Sp. Braga. Depois do duelo diante dos minhotos, segue-se o dérbi com o Boavista, uma deslocação ao Algarve para defrontar o Portimonense e uma receção ao Santa Clara antes de novo jogo fora de risco, em Vila do Conde, com o Rio Ave. Os comandados de Sérgio Conceição jogam de seguida com o Desp. Aves, viajam até à Madeira para defrontarem o Nacional e terminam o Campeonato com um clássico no Dragão diante do Sporting.

Pelo meio, as duas equipas terão ainda compromissos para outras duas competições: em termos europeus, o FC Porto vai agora tentar inverter a desvantagem da primeira mão dos oitavos da Champions que trouxe de Roma (quarta-feira, 20h), ao passo que o Benfica jogará os oitavos da Liga Europa diante do Dínamo Zagreb (dias 7 e 14, com o primeiro jogo na Croácia). Haverá ainda a segunda mão da meia-final da Taça de Portugal em abril, com o Benfica a deslocar-se a Alvalade para defrontar o Sporting e o FC Porto a viajar até à Pedreira para medir forças com o So. Braga.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)