Itália

“Super-fugitivo”. Chefe da máfia detido ao fim de 14 anos em fuga

182

Marco Di Lauro, tido pelos media italianos como "o segundo homem mais perigoso em Itália", foi detido este sábado. Era ele quem estaria à frente do clá Di Lauro, da Camorra napolitana.

© Twitter

Estava sentado, com os dois gatos à sua volta, a comer um prato de massa no seu modesto apartamento, no bairro de Chiaiano, no sul de Nápoles, quando a política entrou e o deteve, sem violência, numa operação que mobilizou 150 oficiais, escreve o jornal Il Mattino. Marco Di Lauro, o quarto filho de Paolo Di Lauro, antigo líder da Camorra (máfia napolitana), estava fugido há 14 anos. Este sábado foi finalmente apanhado pela polícia: a detenção foi acompanhada não só pelos media italianos, como por populares que aplaudiram as forças policiais.

Também o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte elogiou o desempenho da polícia na detenção daquele que descreve como sendo um “super-fugitivo”. O ministro do Interior, Matteo Salvini, considerou esta “uma operação muito importante”.

Aos 38 anos, Di Lauro era tido pelos jornais italianos como “o segundo homem mais perigoso em Itália”, depois do chefe da máfia siciliana Matteo Messina Denaro. O mandado de prisão internacional para capturar Di Lauro foi emitido em 2006 — um homem que, segundo o The Guardian, que cita o site no ministério do Interior, era o quarto criminoso mais procurado no país.

Este sábado, dia 3 de março, Di Lauro foi finalmente detido, depois de uma “atividade pouco usual” ter servido de pista para a polícia, tal como assegurou Antonio De Iesu, chefe da polícia, numa conferência de imprensa. No modesto apartamento onde Di Lauro vivia com a mulher, as autoridades encontraram uma pequena quantia de dinheiro. Não havia armas na casa.

Paolo Di Lauro, o pai do fugitivo detido este fim de semana, está preso desde 2005. Acredita-se que Marco de Lauro, que escapou às autoridades em 2004 e que poderá estar envolvido em quatro mortes, era quem estava à frente do clã Di Lauro, um dos mais poderosos da Camorra.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)