Poucas horas depois de receber o troféu da vitória na 53ª. edição do Festival da Canção com uma música intitulada “Telemóveis”, já Conan Osíris colocava Portugal no top 10 das casas de apostas, de acordo com os dados compilados no site Eurovision World.

Conan conquistou a pontuação máxima das votações do público e de todos os júris regionais — à exceção do Algarve que lhe atribuiu 10 pontos. Conan partiu o telemóvel a tentar ligar para o céu, mas, antes dele, já outros músicos tinham cantado músicas sobre a mesma temática em festivais da canção de outros anos: telelés, como lhes chama o vencedor do Festival da Canção. Ou, neste caso, sobre telefones.

“Telefon, Telefon” de Margot Hielscher (1958)

A cantora alemã Margot Hielscher representou a Alemanha no Festival Eurovisão da Canção de 1958, com a música “Telefon, Telefon”.

“Hallo Hallo” de Lonnie Devantier (1990)

Lonnie Devantier ficou em oitavo com a canção “Hallo Hallo”. Representou a Dinamarca do Festival Eurovisão da Canção de 1990 que, nesse ano, se realizou em Zagreb.

“Stemmen i mit liv”, Kølig Kaj (1997)

O Festival Eurovisão da Canção de 1997 realizou-se em Dublin. Nesse ano, a Dinamarca voltou a ter uma canção sobre telemóveis: “Stemmen i mit liv” (“A voz na minha vida”, em português), cantada por Kølig Kaj.

“Congratulations”, Silvia Night (2006)

Silvia Night representou a Islândia em Atenas, no Festival Eurovisão da Canção, em 2006, com a canção “Congratulations”

“Sound of Silence”, Dami Im (2016)

A australiana continuou a ligar, continuou a ligar mas não venceu. Com “Sound of Silence.