A região das Astúrias, no norte de Espanha, foi atingida esta segunda-feira por um total de 139 incêndios, de acordo com a SIC Notícias. A situação está a ser combatida por mais de 200 bombeiros e soldados, que contam com o apoio de aviões. De acordo com as informações disponíveis até ao momento, os fogos não provocaram ainda nenhum ferido. Há várias estradas cortadas e a população está a ser aconselhada a fugir das zonas de maior risco.

As autoridades locais relatam que o vento forte e as temperaturas altas da região para a época em questão estão a dificultar o combate às chamas, sendo que no passado domingo, na cidade de Gijon, a temperatura da região atingiu os 25ºC. O presidente da região de Cantábria (norte de Espanha), Miguel Angel Revilla, publicou um vídeo na sua página de Facebook no qual pede aos moradores da região para estarem atentos e salientando a tragédia da situação.

Posted by Miguel Ángel Revilla on Monday, March 4, 2019

De acordo com o espanhol El Periódico, o presidente do governo Espanhol, Pedro Sanchez, está a acompanhar a situação e já ofereceu apoio para resolver a mesma. Durante este domingo, o 112 das Astúrias atendeu cerca de 3287 chamadas e esta segunda-feira já recebeu 407. As zonas afetadas que foram registadas até ao momento foram os concelhos de Cabrales, Cangas de Onís, Llanes, Oviedo, Piloña, Pravia, Las Regueras, Ribadesella, Ribera de Arriba, Salas e Valdés.