Leiria

Leiria. Polícia Judiciária deteve suspeito de agressões sexuais agravadas e violência doméstica

A Polícia Judiciária deteve esta semana um homem, de 43 anos, suspeito de abuso sexual de menores e de violência doméstica. O arguido está proibido de contactar as vítimas.

O suspeito, de 43 anos, é trabalhador da construção civil no estrangeiro e foi detido esta semana, quando regressava a Portugal

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

A Polícia Judiciária deteve esta semana um homem, de 43 anos, suspeito de abuso sexual de menores dependentes, ambos agravados, “face à relação familiar e idade das vítimas” e também de violência doméstica, referiu em comunicado.

O suspeito terá praticado maus tratos, quer físicos quer psicológicos e abusado sexualmente de uma da vítimas, ainda menor. A identidade das vítimas, bem como as suas idades são desconhecidas. A investigação começou após uma denúncia e, posteriormente, foram emitidos mandados de detenção pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria.

O arguido é trabalhador da construção civil no estrangeiro e foi detido esta semana, quando regressava a Portugal. Para proteger as vítimas e evitar a “continuação da atividade criminosa” está proibido de manter qualquer contacto com elas, refere a nota de imprensa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)