Rádio Observador

Ministério do Ambiente

Metade da frota do Governo passa a ser elétrica e rede de carregadores triplica

Despacho que impõe que frota do Estado seja composta por carros elétricos entrou esta quinta-feira em vigor. A instalação de postos de carregamento em parques privados ficará para 1 de abril

O ministro do Ambiente adiantou um pedido ao Banco de Portugal, "no sentido de garantir que os bancos têm no seu portefólio de empresas a quem emprestam dinheiro, investimentos cada vez mais verdes e menos castanhos"

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O ministro do Ambiente anunciou que o despacho que impõe que a frota do Estado seja composta por carros elétricos entrou esta quinta-feira em vigor, destacando também a assinatura de um despacho para instalar postos de carregamento em parques privados.

João Pedro Matos Fernandes falava aos jornalistas depois da intervenção na Climate Change Leadership — Solutions for the Wine Industry, no Porto, adiantando também um pedido ao Banco de Portugal, “no sentido de garantir que os bancos têm no seu portefólio de empresas a quem emprestam dinheiro, investimentos cada vez mais verdes e menos castanhos”.

Portugal é dos países da Europa que fez essa aposta [mudança de frota para carros elétricos]. O carro elétrico é para ser carregado em casa, a ideia é essa. Temos hoje uma rede com mais de mil postos de carregamento que estão a ser substituídos e uma com 40 postos nas autoestradas que funciona muito bem”, defendeu Matos Fernandes, em resposta às limitações desses carros

O despacho para a instalação de postos de carregamento em parques privados de acesso público entra em vigor em 1 de abril, “multiplicando por três o número de carregadores elétricos”, acrescentando que há, no Fundo Ambiental, “um milhão de euros para que os instaladores de carregadores elétricos possam instalar 100 postos de carregamento rápido”.

“No entanto, os postos lentos vão estender-se a todo o país ao longo deste ano. Há empresas, como as Águas de Portugal, que já têm centenas de carros elétricos e têm postos de carregamento nas ETAR para poderem fazer os giros técnicos. Cada vez mais esta tecnologia se está a banalizar”, afirmou.

Sobre o roteiro de neutralidade carbónica até 2050, o ministro defendeu a necessidade de uma “transição justa”. “Não podemos deixar ninguém para trás e, por isso, essa transição tem desde preocupações pontuais, mais fáceis de realizar, como o encerramento das duas centrais de carvão até 2030, em que centenas de pessoas têm de ter um plano específico e passa pela eletrificação generalizada do país”, sublinhou.

Há também a dimensão de “finanças sustentáveis”, que prevê um investimento — além do que já está previsto — de dois mil milhões de euros em cada ano, um número que “não assusta, mas é representativo”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Combustível

Os motoristas e o mercado

Jose Pedro Anacoreta Correira

Quando o Governo não consegue instrumentalizar politicamente os sindicatos, passa ao ataque. A luta e defesa dos trabalhadores é só para trabalhadores do Estado e filiados na CGTP.

PSD

Rui Rio precisa do eleitorado de direita /premium

João Marques de Almeida

O eleitorado de direita deve obrigar Rui Rio a comprometer-se que não ajudará o futuro governo socialista a avançar com a regionalização e a enfraquecer o Ministério Público. No mínimo, isto.

Educação

Cheques de Ensino

Diogo Fernandes Sousa

Com os cheques de ensino se um pai se enganasse afetaria apenas o seu filho. Agora, se um político se engana no Ministério da Educação, como sucede regularmente, afeta toda uma geração de estudantes

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)