Rádio Observador

Obras Públicas

Adjudicada obra de requalificação do antigo Liceu Camões após dois concursos vazios

Obras no antigo Liceu Camões vão rondar os 15 milhões de euros, depois de dois concursos sem concorrentes, e vão ser começadas em breve. Já foram vários os protestos para travar degradação da escola.

Nos últimos anos foram vários os protestos de alunos e professores exigindo a realização de obras que travassem a degradação da escola

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

A obra de requalificação do antigo Liceu Camões, em Lisboa, foi adjudicada, revelou esta sexta-feira à Lusa o ministro da Educação, recordando que as obras vão rondar os 15 milhões de euros, depois de dois concursos sem concorrentes.

“Este Governo comprometeu-se com a requalificação da Escola Camões e é muito importante poder dizer que foi oficialmente adjudicada a empreitada de requalificação do antigo Liceu Camões com um valor que ronda os 15 milhões de euros”, afirmou Tiago Brandão Rodrigues, assegurando que a “obra se iniciará em breve”.

Para o governante, a requalificação daquele liceu centenário lisboeta — hoje Escola Secundária de Camões — “certamente ajudará a que o projeto pedagógico se possa cumprir com melhores condições”.

“Fico muito feliz e contente por esta empreitada ter sido adjudicada e por esta obra tão desejada poder finalmente realizar-se”, afirmou, sublinhando que esta escola se junta agora a “um conjunto de centenas de requalificações a acontecer um pouco por todo o país”.

Há cerca de duas semanas, o ministro anunciou no parlamento que havia interessados no concurso aberto para as obras de requalificação, depois de dois concursos em que não houve concorrentes interessados.

O Governo anunciou em janeiro a abertura de um novo concurso de reabilitação da escola, uma empreitada no valor de 15,2 milhões de euros. Nos últimos anos foram vários os protestos de alunos e professores exigindo a realização de obras que travassem a degradação da escola.

Em fevereiro de 2018, os alunos concentraram-se em frente à escola para exigir uma resposta da tutela às más condições do edifício, lembrando que estão desde 2011 à espera das obras em diversos espaços, entre eles o ginásio, as oficinas de artes e alguns laboratórios de Biologia.

Em meados do ano passado foi lançado um segundo concurso público internacional. As obras de requalificação do edifício centenário, na praça José Fontana, envolviam então um investimento de 12,46 milhões de euros, mais do que o inicialmente previsto.

O Governo voltou este ano a aumentar a verba para as obras de requalificação, para 15,2 milhões.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)