Depois da passagem da depressão Laura, que colocou sete distritos em aviso laranja, parece que o bom tempo chega este fim de semana. Uma nova frente atlântica vai passar pela Península Ibérica, e em consequência disso, o céu estará, em geral, pouco nublado e as temperaturas vão subir ligeiramente ao longo do fim de semana, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Ao Observador, o meteorologista Ricardo Tavares do IPMA, explicou que esta subida gradual da temperatura se deve à passagem de um anticiclone, localizado a leste dos Açores, e que se está a direcionar para Portugal Continental.

Esta sexta-feira prevê-se uma subida média de dois a quatro graus e no sábado, período em que se verificará o maior aumento, três a cinco graus. Ainda assim, segundo o meteorologista esta subida de temperatura não é anormal, as temperaturas nos últimos dias é que têm estado ligeiramente abaixo da média para esta altura do ano.

A partir de sábado, as temperaturas começam a subir de oeste para este. Em Lisboa, a previsão é de 20 graus de máxima e 10 de mínima. No Porto, a temperatura vai atingir 17 graus de máxima e oito de mínima. A sul, em Faro, ronda os 22 de máxima e os 11 de mínima. No Funchal, estão previstos 24 graus de máxima e 14 de mínima. Destaque também para o Minho, que terá precipitação fraca.

Já este domingo, em Lisboa os termómetros deverão rondar os 19 graus de máxima, e os 11 de mínima. No Porto a máxima prevista é de 17 graus e a mínima de 11. No arquipélago da Madeira, as máximas descem um grau, com os termómetros a apontar os 23 graus, já as mínimas sobem para os 16.

O IPMA alerta ainda para a formação de gelo ou geadas nas regiões Norte. Durante o fim de semana, haverá também alguma neblina matinal e à noite as temperaturas deverão descer. No entanto, estas boas notícias são sol de pouca dura, já que para a próxima terça-feira está prevista a passagem de outra frontal, que causará alguma precipitação nas regiões Norte e Centro, informou o meteorologista Ricardo Tavares.