A Boeing descia mais de 12% na abertura de Wall Street, afetada pela imobilização dos aviões 737 MAX 8 na China e na Indonésia, após a queda de um aparelho deste modelo na Etiópia.

As ações baixavam 12,73% para 368,75 dólares às 13h34 (hora de Lisboa), escassos minutos após a abertura da bolsa nova-iorquina.

A Indonésia decidiu esta segunda-feira imobilizar a sua frota de Boeing 737 MAX 8, depois de a Etiópia, a China e as ilhas Caimão terem anunciado medidas idênticas.

Um avião 737 MAX 8 da companhia Ethiopian Airlines despenhou-se no domingo a sudeste de Adis Abeba, pouco depois da descolagem, provocando a morte de 157 pessoas que seguiam a bordo.

Um aparelho deste mesmo modelo caiu no mar da Indonésia no final de outubro, provocando 189 mortos, também alguns minutos após a descolagem.

O modelo 737 MAX entrou ao serviço em maio de 2017 e mais de 350 exemplares estão atualmente em atividade.