UE fecha espaço aéreo ao Boeing 737 MAX 8

A decisão de Bruxelas surge depois de dezenas de países europeus terem fechado seu espaço aéreo àquele avião. EUA mantêm o Boeing 737 MAX 8 e insistem que não há provas de que o avião não é seguro.

Por Vera Novais, Agência Lusa, Observador