As exportações de bens aumentaram 4,1% em janeiro, desacelerando em termos homólogos, e as importações dispararam 16,6% em igual período, principalmente devido à compra de aviões, divulgou esta terça-feira o INE.

Segundo o Instituito Nacional de Estatística (INE), as importações aumentaram 16,6, depois da subida de 8,1% em dezembro de 2018, destacando-se os acréscimos de material de transporte em 36,2%, que contribuíram em 5,8 pontos percentuais para a taxa de variação homóloga, em resultado principalmente da aquisição de outro material de transporte (maioritariamente aviões e suas partes).

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 4,7% e as importações cresceram 19%, depois dos aumentos de 9,1% e 9,5%, respetivamente, em dezembro de 2018.