Acidentes e Desastres

Edifício com escola desaba na Nigéria. Há, pelo menos, 12 mortos

108

Uma escola colapsou em Lagos, na Nigéria. Não se sabe, para já, o número de pessoas que poderão estar debaixo dos escombros. Há 12 mortos, entre eles uma criança de dez anos.

Há, pelo menos, 12 vítimas mortais confirmadas, entre elas uma criança de dez anos, e 43 feridos no colapso de um edifício onde funcionava uma escola em Lagos, na Nigéria, na manhã desta quarta-feira, avança a TVC News, uma televisão nigeriana.

Estão “muitas” pessoas soterradas, de acordo com informação avançada pela agência Reuters e mais de 50 pessoas já terão sido resgatadas, metade delas foram resgatadas com vida, segundo disse à TVC News um homem que está ajudar nas operações de salvamento.

[Vídeo: O resgate das crianças soterradas]

O porta-voz da região sudoeste da Agência Nacional de Gestão de Emergência, Ibrahim Farinloye, adiantou à TVC News que os resgatados foram levados para o hospital e se está a fazer um esforço para identificar as vítimas. O hospital em questão está a divulgar as identidades das vítimas.

Mais de 50 pessoas já terão sido resgatadas dos escombros, mas apenas metade delas com vida

Inicialmente, vários jornais avançaram a informação de que cerca de uma centena de crianças poderia estar soterrada, mas esse número não foi ainda confirmado. De acordo com relatos de várias testemunhas à TVC News, deverão estar cerca de 70 pessoas nos escombros, adiantando que o prédio de três pisos já estaria em perigo de desabar há algum tempo. Moradores disseram à agência Reuters que, pelo menos, uma centena de crianças frequentava aquela escola.

Acreditamos que muita gente, incluindo crianças, estão presas debaixo dos escombros”, disse ainda Ibrahim Farinloye.

O prédio, em cujo terceiro piso funcionava a escola primária, terá caído às 10h00 locais. A agência Efe, que cita fonte do governo, afirmou que os alunos se encontravam nas salas de aulas quando o desabamento aconteceu. Para o local foram mobilizadas equipas de resgate. As operações continuam e Ibrahim Farinloye diz que um dos próximo passos é ”demolir o prédio e limpar a área”.

Várias imagens e vídeos dos escombros da escola, das operações de salvamento e do resgate de uma das crianças foram entretanto divulgadas.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)