480kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Merceeiros dão lugar a chefs convidados com as novas Prado Seasons

Este artigo tem mais de 3 anos

A mercearia do conceituado restaurante lisboeta sofreu uma remodelação e vai ser "restaurante" pela noite, sempre com cozinheiros convidados aos comandos. O primeiro já está em ação e vem de Londres.

A Prado Mercearia foi renovada e está ainda com mais vida.
i

A Prado Mercearia foi renovada e está ainda com mais vida.

Rodrigo Simões Cardoso

A Prado Mercearia foi renovada e está ainda com mais vida.

Rodrigo Simões Cardoso

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

“Dinamizar” é a palavra chave que António Galapito, chef do restaurante Prado, em Lisboa, repete várias vezes para explicar as novidades que começam agora a entrar em vigor. Entre elas — a mais sonante, talvez — surge a Prado Seasons, um ciclo de várias residências de chefs que irão ocupar a Prado Mercearia e transformá-la todas as noites num descontraído e criativo pequeno “restaurante”.

Para os menos atentos, convém realçar que o Prado Restaurante e a Prado Mercearia são duas coisas diferentes que fazem parte do mesmo projeto guarda-chuva, o alojamento turístico The Lisboans. Inicialmente a jurisdição de António Galapito restringia-se mais ao Restaurante e menos à Mercearia — que vende uma série de produtos portugueses, de pequenos produtores. Com esta mudança estreitaram-se relações e a Prado Seasons é um bom exemplo disso.

Pelo remodelado espaço da Mercearia — a cozinha sofreu um upgrade e foram adicionadas mais mesas — vão passar colegas de Galapito, jovens cozinheiros que se encontrem entre projetos e que nestes ciclos de jantares encontrem um poiso para desenvolver novas receitas e conhecer produtos portugueses. O australiano Sebastian Meyers, que trabalhou no célebre Chiltern Firehouse (do português Nuno Mendes), em Londres, é o estreante desta iniciativa e vai estar a cozinhar todas noites, entre terça-feira e sábado, de 13 a 30 de março.

As receitas pensadas pelos convidados vão seguir sempre a filosofia do restaurante — aproveitamento máximo dos alimentos, utilização de ingredientes locais, sazonais e sempre que possível biológicos — e, no caso deste chef australiano, materializam-se em cinco criações (mais uma sobremesa): espargos brancos com manteiga tostada e limequat (7€), tosta de salmonete com pasta de fígados e agrião (6,50€); cogumelos com queijo de S. Miguel, gema de ovo e alho verde (7,50€); puntilhitas com batata e molho XO (condimento de marisco picante de Hong Kong, 10€) e agnolotti de miúdos com levístico (10€). A sobremesa será um gelado de leite de cabra com granizado de rainha do prado (uma planta) e tanja (tipo de citrino entre a tangerina e a laranja), que ficará a um preço de 5€. O espaço só senta 24 pessoas de cada vez e não aceita reservas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Por enquanto é isto que pode esperar deste novo programa de rotação de chefs — será válido tanto para estrangeiros como para portugueses — e aponte ainda que o próximo já está na calha e será Edgar Wallace, ex-colega de Galapito no Corner Room e Taberna do Mercado que irá ocupar a bonita mercearia com a sua cozinha de influência asiática entre os dias 9 e 30 de abril.

Outra das novidades desta loja lisboeta também está ligada à comida: a Prado Mercearia vai reforçar a sua oferta de comida e bebida (vinhos predominantemente naturais e biológicos, como no restaurante) durante o dia. Ao almoço vão haver sanduíches, sopas e as tábuas de enchidos que também se vão manter durante a noite, quando a mercearia se torna wine bar — isto só às segundas-feiras, quando houver alguma residência de chefs, ou todos os dias, quando não houver –, entre as 19h e as 23h.

Loja Observador Lifestyle

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.